Você sabe calcular o retorno do investimento em tecnologia na sua empresa?

Administrar qualquer negócio não é uma tarefa fácil! É de suma importância ter consciência de que, antes de alcançar o sucesso, existem muitas interferências, receios e problemas que podem fazê-lo perder tempo, dinheiro e oportunidades. Definir investimento não é uma tarefa fácil.

Hoje, o mercado proporciona inúmeras alternativas de produtos e serviços que facilitam seu trabalho, otimizando tempo e recursos. Estes ativos podem ser hardwares, softwares, aplicativos, máquinas, computadores, entre outros. Independente se você trabalha com comércio exterior ou não, usar a tecnologia a seu favor resulta na redução de custos e na geração de resultados mais assertivos.

No entanto, como saber qual é a melhor escolha para a sua empresa?

Neste post iremos te apresentar uma forma de calcular o retorno do investimento para seus aportes em tecnologia, para que assim, você consiga descobrir quais são as ferramentas que realmente fazem sentido para a sua empresa e que de fato vão gerar economia e lucratividade.

Desde a década de 90, quando os computadores começaram a fazer parte do dia-a-dia das empresas, foi necessário desenvolver uma operação que exibisse o real custo daquela tecnologia, ou seja, todas as receitas e retornos gerados por ela, desde a aquisição. Este cálculo é chamado de TCO – Total Cost of Ownership, ou em português, Custo Total de Propriedade.

Por meio dele, qualquer empresa consegue descobrir o valor final do produto ou serviço que está adquirindo, não refletindo apenas nos investimentos de compra, mas em todos os valores envolvidos nesse processo, como manutenção, treinamento de funcionários, segurança e necessidades de atualização e upgrade.

O TCO é capaz de oferecer a visualização prévia de um cenário completo, onde o empresário consegue prever todos os custos envolvidos, e assim, planejar o melhor momento para iniciar o investimento de forma segura e estruturada dentro da realidade da sua pequena, média ou grande empresa.

O investimento em tecnologia é fundamental para o crescimento, pode-se ir até mais fundo nesta análise, com o grau de competitividade existente no mercado, investir em modernização e automação de processos e procedimentos é fundamental para a existência de qualquer companhia que queira se manter como player competitivo no mercado, principalmente na complexa e mutável estrutura do comércio exterior.

E como calcular o TCO?

Para calcular o Custo Total de Propriedade, você, antes de tudo, precisa dividir seus gastos em três etapas diferentes:

  • Custos de Aquisição:

Aqui podemos levar em conta o valor gasto na compra do ativo e todas as etapas para isso acontecer, como o tempo gasto na pesquisa de mercado, impostos, sua vida útil e a compra de outros instrumentos necessários para aquela aquisição. As empresas 100% SaaS tem como característica não ter estes custos, chamados no passado de licença de uso ou projeto de  implementação.

  • Custos de Implantação:

Neste momento, levamos em consideração a instalação do produto comprado, contratação de pessoas para instalação, tempo gasto na operação, colaboradores de dentro da empresa envolvidos e o maquinário para que isso seja realizado. Hoje os softwares 100% SaaS chamam de Onboarding ou treinamento.

  • Custos de Suporte e Manutenção: nesta etapa estamos falando de gastos após a compra, como manutenção, atualizações, possíveis problemas, fornecedores externos e novas contratações. Ou seja, a mensalidade.

De forma mais resumida e objetiva ainda, você precisará saber se será necessário comprar um software ou apenas pagar mensalmente por uma licença de uso, se os seus computadores são minimamente capazes de navegar na internet ou se será necessário investir na compra de novas máquinas. Se o sistema oferece possibilidades de ugrade e manutenção de forma simplificada e barata.

Enfim, com todos esses dados recolhidos e averiguados, você terá a possibilidade de avaliar, comparar e contabilizar as suas escolhas, resultando na melhor estratégia para sua empresa.

Vale ressaltar que o mercado de softwares e sistemas está cada vez mais avançado. Muitas empresas oferecem soluções extremamente personalizadas e de implementação fácil e rápida. Antigamente os investimentos em tecnologia eram obrigatoriamente elevados e complexos, mas hoje a regra é baixo custo e simplicidade de implementação e operação.

Por isso, não deixe de pesquisar e buscar a alternativa que seja mais adequada ao seu negócio e sua capacidade financeira. Afinal, nos tempos atuais, a regra de ouro de qualquer empresa é diminuir custos e aumentar a eficiência. Depois dessa análise, você vai se surpreender com a qualidade das ferramentas oferecidas e com os baixos custos envolvidos nestas operações.

Na atual conjuntura, estamos cercados por tecnologias que são capazes de aumentar a eficiência de um negócio, impactando de sobremaneira o custo benefício. O TCO é responsável por certificar que você está fazendo uma boa escolha, te proporcionando mais qualidade e tempo para atingir o sucesso. Coloque na ponta do lápis e descubra o melhor caminho para a sua empresa investir em tecnologia de forma permanente.

Ficou com dúvidas ainda? Precisa de uma assessoria qualificada e gratuita para calcular o seu investimento e benefícios? Entre em contato com a gente que temos uma equipe pronta para te ajudar.

Menu