Compartilhar

Compartilhar

Compartilhar

portos-do-brasil

Portos do Brasil: quais são os 3 maiores portos do Brasil?

Podemos chamar de porto um local situado em uma costa que serve de ligação entre o transporte terrestre e o marítimo, com trabalho de carga e descarga. Na terra tupiniquim não é diferente, por isso, os portos do Brasil também necessitam de  uma grande infraestrutura que permita a alocação de navios e outros meios aquáticos que possibilitem a realização de operações.

Tipos de portos:

Os portos podem ser classificados em 3 tipos:

1. Lacustres

Que podem ser encontrados à margem de um lago ou lagoa;

2. Fluviais

Que se situam à beira de um rio e, por isso, necessitam de uma infraestrutura que possa operar tanto em períodos de seca, como em períodos de grandes chuvas; e

3. Marítimos

Que se localizam à margem do oceano, com foco em diversas atividades e maior fluxo de pessoas e mercadorias.

Diante disso, que tal conhecermos um pouco mais sobre os principais portos do nosso país?

Porto industrial de Barcelona

Porto industrial de Barcelona. Fonte: https://image.freepik.com/fotos-gratis/porto-industrial-de-barcelona-a-noite_1398-4295.jpg

3 maiores portos do Brasil

Os portos marítimos, por possuírem saída direta para os oceanos e, consequentemente, serem utilizados em trocas internacionais, costumam ser os maiores e mais importante de um determinado país.

Dessa forma, eles são maiores tanto em movimentação e transporte, como em infraestrutura, uma vez que é necessária uma demanda maior de pessoas e de materiais na realização das operações portuárias.

Esses portos podem ser classificados em rankings, porém, quando posicionamos os portos do Brasil dessa maneira, é muito difícil chegarmos à classificação totalmente correta.

Isso ocorre porque os números e dados de movimentação desses portos podem variar de acordo com o que é levado em consideração na hora de mensurar.

Os fatores de avaliação podem ser número de volume de carga transportada, número de containers, valor agregado dos produtos, áreas de influência, entre outros.

Portanto, com exceção de nosso primeiro colocado que, de longe, é o principal porto brasileiro, as outras posições podem ser diferentes a depender do quesito analisado.

  1. Porto de Santos

O Porto de Santos foi inaugurado em 1892 e é administrado pela CODESP (Companhia Docas do Estado de São Paulo).

Como mencionado, é o maior porto do brasil em todas as classificações, uma vez que é responsável por 30% de todas as movimentações portuárias do país.

Além disso, é o maior complexo portuário da América Latina e o único porto brasileiro que se encontra no top 50 mundial (AAPA).

Entre os setores de sua movimentação, os que recebem maior destaque são: indústria mecânica, indústria de materiais de transporte, agroindústria e madeira, indústria química, indústria de alimentos e bebidas, e metalurgia.

Assim, ele é o porto brasileiro com maior diversidade em Importações e Exportações.

Porto de Santos

Via reprodução. https://s2.glbimg.com/-6iNFetMAQPGcNe-tqHwOttRP1U=/0x0:3200×2398/984×0/smart/filters:strip_icc()/i.s3.glbimg.com/v1/AUTH_59edd422c0c84a879bd37670ae4f538a/internal_photos/bs/2018/s/9/UXpVJETBqvk7waMV60tg/porto-00023.jpg

O total de carga movimentada no ano de 2020 já ultrapassa os 86 milhões.

Dessas, 25 milhões de toneladas (29%) foi transportada de forma conteinerizada. Os produtos mais presentes são sementes (19%), açúcares (14%) e cereais (10%).

Entre as cargas de longo curso, os principais continentes são América do norte e Europa, seguidos da Ásia (ANTAQ).

Curiosidades sobre o Porto de Santos

Contando canais de navegação, terminais e estações de armazenamento de cargas, o porto possui uma área de 7,8 milhões de metros quadrados.

Recentemente, no dia 28 de julho de 2020, o Ministério da Infraestrutura aprovou o Plano de Desenvolvimento e Zoneamento (PDZ), que prevê o planejamento estratégico dessa área pelos próximos 20 anos.

Ao fim desse período, a capacidade de operação do terminal será elevada em 50% (Agência Brasil).

  1. Porto de Paranaguá

Administrado pela Associação dos Portos de Paranaguá e Antonina (APPA), o porto de Paranaguá está na segunda posição dos portos do Brasil e se localiza no estado do Paraná.

É um dos principais exportadores de produtos agrícolas, com destaque para a soja em grão e o farelo de soja, e possui uma área de influência de 10 estados brasileiros.

Porto de Paranaguá

Orlando Kissner. Arquivo do Governo do Estado do Paraná. Fonte: https://www.tribunapr.com.br/wp-content/uploads/2019/12/12095015/cruzeiro-paranagua-970×550.jpg

Só em 2020 o porto já movimentou 13 milhões de toneladas de semente, sendo o maior graneleiro do país (ANTAQ).

A movimentação do porto também engloba madeira, material de transporte, alimentos e bebidas, indústria química e indústria mecânica.

Em 2020, o porto já movimentou mais de 28 milhões de cargas, entre as quais 13 milhões de toneladas eram semente (47% das mercadorias).

Do total, podemos destacar resíduos, com 15% da movimentação de 2020, seguido de açúcares e cereais, com 10% e 4%, respectivamente (ANTAQ).

Curiosidades sobre o Porto de Paranaguá

O porto possui registros de operações desde o ano de 1872, mas sua inauguração oficial só aconteceu em 1933, mais de 60 anos depois.

Somado ao Porto de Antonina, com localidade próxima, sua área é de 4,2 milhões de metros quadrados.

A sua movimentação de grãos muitas vezes é considerada a maior da América Latina.

  1. Porto do Rio de Janeiro

Sendo um porto regional de grande porte, localizado na costa oeste da Baía da Guanabara, serve a 22 estados brasileiros. Seus produtos são bastantes diversificados, com alto valor agregado por unidade.

Em suas movimentações se destacam a metalurgia, materiais de transporte, a indústria química, os produtos minerais e a indústria mecânica. Assim, o porto possui extrema relevância no setor automotivo.

Em 2020, já foram mais de 21 milhões de cargas movimentadas, com destaque para granel líquido e gasoso (71,2%) e carga conteinerizada (17,4%) (ANTAQ).

Curiosidades sobre o Porto do Rio de Janeiro

O porto possui uma área operacional de 1 milhão de metros quadrados distribuídos em 15 pátios e 18 armazéns.

Já era um importante centro exportador e importador no Brasil Colônia em 1763, quando a cidade do Rio de Janeiro se tornou a capital do país e, entre 1904 e 1910, o porto passou por uma grande modernização, quando foi inaugurado oficialmente. Em 2018, ao completar 108 anos, aumentou sua capacidade em 40%.

Porto do Rio de Janeiro

Tânia Rego via Agência Brasil. Fonte: https://imagens.ebc.com.br/22xi4oMxxrlwe8qjYiN5uvxWPwo=/1170×700/smart/https://agenciabrasil.ebc.com.br/sites/default/files/thumbnails/image/agenciabrasil260712_abr9887.jpg?itok=EJnv9aXh

Quantos portos existem no Brasil?

Se levarmos em consideração infraestruturas públicas e privadas, marítimas ou fluviais, os portos do Brasil totalizam um número de 235 instalações portuárias (ANTAQ e Secretaria de Portos).

Dentre as instalações públicas, a administração se divide entre as Companhias Docas, os municípios, os estados e os consórcios públicos.

Outros órgãos importantes são a Agência Nacional de Transportes Aquaviários (ANTAQ), o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (DNIT), o Ministérios do Transporte e a Secretaria de Portos.

Contudo, mesmo com esse número, a movimentação portuária no Brasil é pequena em comparação a outros países.

Qual o maior porto do mundo?

Até a década passada, o Porto de Singapura detinha o título de maior porto de mundo.

Contudo, em 2010, o Porto de Shangai, na China, se tornou o porto com maior movimentação de contêineres.

E os números só vem aumentando: em 2016, o porto movimentou 37 milhões de TEUs (Konfere), subindo para 43 milhões em 2019 (Lloyd’s List).

O porto, situado nas proximidades da cidade de Shangai, é um porto fluvial e marítimo, com 125 berços de atracação ao longo dos 20km de faixa litorânea do Rio Yangtsé.

A área total da estrutura portuária é de 3.600 quilômetros quadrados.

Maior porto do mundo

Fonte: https://www.maritime-executive.com/media/images/article/Photos/Ports/Cropped/Shanghai%20Port%2016×9.jpg

Conclusão

E você?

Os portos constituem importantes centros de trocas e de comércio internacional em todo o mundo.

E você, já conhecia a importância desses principais portos para o nosso país?

Vamos conversas nos comentários, o que mais chamou sua atenção? Sinta-se à vontade para adicionar mais alguma curiosidade ou informação!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Gestão de Comércio Exterior
O melhor software de gestão para importadores do Brasil!
Comece agora a transformação digital na sua empresa com um software especializado em comerciais importadoras e trading companies.
Gestão de Comércio Exterior
O melhor software de gestão para importadores do Brasil!
Comece agora a transformação digital na sua empresa com um software especializado em comerciais importadoras e trading companies.
portos-do-brasil

Portos do Brasil: quais são os 3 maiores portos do Brasil?

Podemos chamar de porto um local situado em uma costa que serve de ligação entre o transporte terrestre e o marítimo, com trabalho de carga e descarga. Na terra tupiniquim não é diferente, por isso, os portos do Brasil também necessitam de  uma grande infraestrutura que permita a alocação de navios e outros meios aquáticos que possibilitem a realização de operações.

Tipos de portos:

Os portos podem ser classificados em 3 tipos:

1. Lacustres

Que podem ser encontrados à margem de um lago ou lagoa;

2. Fluviais

Que se situam à beira de um rio e, por isso, necessitam de uma infraestrutura que possa operar tanto em períodos de seca, como em períodos de grandes chuvas; e

3. Marítimos

Que se localizam à margem do oceano, com foco em diversas atividades e maior fluxo de pessoas e mercadorias.

Diante disso, que tal conhecermos um pouco mais sobre os principais portos do nosso país?

Porto industrial de Barcelona

Porto industrial de Barcelona. Fonte: https://image.freepik.com/fotos-gratis/porto-industrial-de-barcelona-a-noite_1398-4295.jpg

3 maiores portos do Brasil

Os portos marítimos, por possuírem saída direta para os oceanos e, consequentemente, serem utilizados em trocas internacionais, costumam ser os maiores e mais importante de um determinado país.

Dessa forma, eles são maiores tanto em movimentação e transporte, como em infraestrutura, uma vez que é necessária uma demanda maior de pessoas e de materiais na realização das operações portuárias.

Esses portos podem ser classificados em rankings, porém, quando posicionamos os portos do Brasil dessa maneira, é muito difícil chegarmos à classificação totalmente correta.

Isso ocorre porque os números e dados de movimentação desses portos podem variar de acordo com o que é levado em consideração na hora de mensurar.

Os fatores de avaliação podem ser número de volume de carga transportada, número de containers, valor agregado dos produtos, áreas de influência, entre outros.

Portanto, com exceção de nosso primeiro colocado que, de longe, é o principal porto brasileiro, as outras posições podem ser diferentes a depender do quesito analisado.

  1. Porto de Santos

O Porto de Santos foi inaugurado em 1892 e é administrado pela CODESP (Companhia Docas do Estado de São Paulo).

Como mencionado, é o maior porto do brasil em todas as classificações, uma vez que é responsável por 30% de todas as movimentações portuárias do país.

Além disso, é o maior complexo portuário da América Latina e o único porto brasileiro que se encontra no top 50 mundial (AAPA).

Entre os setores de sua movimentação, os que recebem maior destaque são: indústria mecânica, indústria de materiais de transporte, agroindústria e madeira, indústria química, indústria de alimentos e bebidas, e metalurgia.

Assim, ele é o porto brasileiro com maior diversidade em Importações e Exportações.

Porto de Santos

Via reprodução. https://s2.glbimg.com/-6iNFetMAQPGcNe-tqHwOttRP1U=/0x0:3200×2398/984×0/smart/filters:strip_icc()/i.s3.glbimg.com/v1/AUTH_59edd422c0c84a879bd37670ae4f538a/internal_photos/bs/2018/s/9/UXpVJETBqvk7waMV60tg/porto-00023.jpg

O total de carga movimentada no ano de 2020 já ultrapassa os 86 milhões.

Dessas, 25 milhões de toneladas (29%) foi transportada de forma conteinerizada. Os produtos mais presentes são sementes (19%), açúcares (14%) e cereais (10%).

Entre as cargas de longo curso, os principais continentes são América do norte e Europa, seguidos da Ásia (ANTAQ).

Curiosidades sobre o Porto de Santos

Contando canais de navegação, terminais e estações de armazenamento de cargas, o porto possui uma área de 7,8 milhões de metros quadrados.

Recentemente, no dia 28 de julho de 2020, o Ministério da Infraestrutura aprovou o Plano de Desenvolvimento e Zoneamento (PDZ), que prevê o planejamento estratégico dessa área pelos próximos 20 anos.

Ao fim desse período, a capacidade de operação do terminal será elevada em 50% (Agência Brasil).

  1. Porto de Paranaguá

Administrado pela Associação dos Portos de Paranaguá e Antonina (APPA), o porto de Paranaguá está na segunda posição dos portos do Brasil e se localiza no estado do Paraná.

É um dos principais exportadores de produtos agrícolas, com destaque para a soja em grão e o farelo de soja, e possui uma área de influência de 10 estados brasileiros.

Porto de Paranaguá

Orlando Kissner. Arquivo do Governo do Estado do Paraná. Fonte: https://www.tribunapr.com.br/wp-content/uploads/2019/12/12095015/cruzeiro-paranagua-970×550.jpg

Só em 2020 o porto já movimentou 13 milhões de toneladas de semente, sendo o maior graneleiro do país (ANTAQ).

A movimentação do porto também engloba madeira, material de transporte, alimentos e bebidas, indústria química e indústria mecânica.

Em 2020, o porto já movimentou mais de 28 milhões de cargas, entre as quais 13 milhões de toneladas eram semente (47% das mercadorias).

Do total, podemos destacar resíduos, com 15% da movimentação de 2020, seguido de açúcares e cereais, com 10% e 4%, respectivamente (ANTAQ).

Curiosidades sobre o Porto de Paranaguá

O porto possui registros de operações desde o ano de 1872, mas sua inauguração oficial só aconteceu em 1933, mais de 60 anos depois.

Somado ao Porto de Antonina, com localidade próxima, sua área é de 4,2 milhões de metros quadrados.

A sua movimentação de grãos muitas vezes é considerada a maior da América Latina.

  1. Porto do Rio de Janeiro

Sendo um porto regional de grande porte, localizado na costa oeste da Baía da Guanabara, serve a 22 estados brasileiros. Seus produtos são bastantes diversificados, com alto valor agregado por unidade.

Em suas movimentações se destacam a metalurgia, materiais de transporte, a indústria química, os produtos minerais e a indústria mecânica. Assim, o porto possui extrema relevância no setor automotivo.

Em 2020, já foram mais de 21 milhões de cargas movimentadas, com destaque para granel líquido e gasoso (71,2%) e carga conteinerizada (17,4%) (ANTAQ).

Curiosidades sobre o Porto do Rio de Janeiro

O porto possui uma área operacional de 1 milhão de metros quadrados distribuídos em 15 pátios e 18 armazéns.

Já era um importante centro exportador e importador no Brasil Colônia em 1763, quando a cidade do Rio de Janeiro se tornou a capital do país e, entre 1904 e 1910, o porto passou por uma grande modernização, quando foi inaugurado oficialmente. Em 2018, ao completar 108 anos, aumentou sua capacidade em 40%.

Porto do Rio de Janeiro

Tânia Rego via Agência Brasil. Fonte: https://imagens.ebc.com.br/22xi4oMxxrlwe8qjYiN5uvxWPwo=/1170×700/smart/https://agenciabrasil.ebc.com.br/sites/default/files/thumbnails/image/agenciabrasil260712_abr9887.jpg?itok=EJnv9aXh

Quantos portos existem no Brasil?

Se levarmos em consideração infraestruturas públicas e privadas, marítimas ou fluviais, os portos do Brasil totalizam um número de 235 instalações portuárias (ANTAQ e Secretaria de Portos).

Dentre as instalações públicas, a administração se divide entre as Companhias Docas, os municípios, os estados e os consórcios públicos.

Outros órgãos importantes são a Agência Nacional de Transportes Aquaviários (ANTAQ), o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (DNIT), o Ministérios do Transporte e a Secretaria de Portos.

Contudo, mesmo com esse número, a movimentação portuária no Brasil é pequena em comparação a outros países.

Qual o maior porto do mundo?

Até a década passada, o Porto de Singapura detinha o título de maior porto de mundo.

Contudo, em 2010, o Porto de Shangai, na China, se tornou o porto com maior movimentação de contêineres.

E os números só vem aumentando: em 2016, o porto movimentou 37 milhões de TEUs (Konfere), subindo para 43 milhões em 2019 (Lloyd’s List).

O porto, situado nas proximidades da cidade de Shangai, é um porto fluvial e marítimo, com 125 berços de atracação ao longo dos 20km de faixa litorânea do Rio Yangtsé.

A área total da estrutura portuária é de 3.600 quilômetros quadrados.

Maior porto do mundo

Fonte: https://www.maritime-executive.com/media/images/article/Photos/Ports/Cropped/Shanghai%20Port%2016×9.jpg

Conclusão

E você?

Os portos constituem importantes centros de trocas e de comércio internacional em todo o mundo.

E você, já conhecia a importância desses principais portos para o nosso país?

Vamos conversas nos comentários, o que mais chamou sua atenção? Sinta-se à vontade para adicionar mais alguma curiosidade ou informação!

Compartilhar

Compartilhar

Compartilhar

Menu