Compartilhar

Compartilhar

Compartilhar

Outsourcing Internacional: como funciona? Confira 4 benefícios

Cada vez mais presente no Comércio Exterior brasileiro, o Outsourcing Internacional ganha espaço na condução de prospecção de negócios, bem como na concretização deles.

Nesse texto vamos falar do Outsourcing Internacional, seus benefícios e seus objetivos, além de explicar o que faz uma empresa especializada nesse ramo.

Let’s go!descripsnip

O que é Outsourcing Internacional?

Comumente confundido com a terceirização (vamos explicar a diferença entre eles no tópico seguinte), o Outsourcing Internacional consiste na prestação de serviços ligados à natureza do negócio, ou seja, do ramo que a empresa atua.

O foco aqui é justamente nos objetivos da empresa, de forma que seu negócio alavanque através de outras empresas especializadas nessa prestação de serviço.

O termo foi criado em 1930 pelo economista britânico Ronald Coase, em um trabalho sobre organização empresarial.

Leia também: Logística Internacional: O que é, importância e como funciona?

Qual a diferença entre terceirização e Outsourcing?

Uma vez definido o que é o Outsourcing, fica fácil identificar a diferença entre ele e a terceirização.

Enquanto o Outsourcing cuida do tal Core Business (o famoso “negócio da empresa”, a atividade fim), a terceirização fica com as partes secundárias, de atividade meio, tais como limpeza, segurança, transportes etc.

Leia também: Trading Company: o que é e quais são as principais vantagens?

Qual o objetivo do Outsourcing Internacional?

Assim como cuidar do Core Business, o Outsourcing Internacional tem o objetivo de melhorar a estratégia da empresa, por meio dos serviços que presta.

Serve também para aumentar a qualidade e competitividade, como acontece nos casos de supply chain, serviços de TI e operações de compra e venda, por exemplo.

No que diz respeito às empresas de Comércio Exterior, significa dizer que uma empresa de Outsourcing será a responsável, por exemplo, por toda a operação de determinado produto/serviço até o seu destino.

Leia também: O que é Armador no Comércio Exterior? Confira os tipos

O que é uma empresa de Outsourcing?

Essas empresas oferecem know-how para o seu negócio, dando-lhe a oportunidade de economizar em matéria de produtos, serviço, pessoal, acesso a tecnologias de difícil ou oneroso acesso (até então), bem como a manter-se produtivo.

E para fazer um Outsourcing com resultados favoráveis, nada melhor do que encontrar empresas especializadas nesse tipo de atividade.

Sim, elas existem e estão aí para ajudar as empresas que buscam esse tipo de melhoria para o seu negócio.

O que é Outsourcing e Offshoring?

Dentro do Outsourcing existem três termos que são utilizados para definir o grau de relação entre contratante e contratada: Onshore, Nearshore e Offshore, vamos a eles:

Onshore

São contratações de serviços de empresas que estão no mesmo país.

Nearshore

Os serviços contratados neste formato estão localizados em empresas de países próximos, com o mesmo fuso horário (ou com uma hora de diferença), com idioma e culturas semelhantes.

Offshore

Esta modalidade está ligada à contratação de serviços provenientes de nações distantes e pode ser mais vantajoso economicamente, quando contratado de países em desenvolvimento.

Assim, podemos dizer que o Outsourcing Internacional concentra-se nas modalidades Nearshore e Offshore.

Leia também:  Importação e Exportação: diferenças e como é o processo?

4 benefícios do Outsourcing

Falamos a respeito do que é e quais seus objetivos, agora vamos aos benefícios do Outsourcing Internacional.

É importante que o gestor esteja atento e bem informado na hora de encontrar e contratar uma empresa de Outsourcing Internacional, que ofereça conhecimento e equipe profissional diferenciada.

Vamos listar apenas as quatro principais, dentre as inúmeras vantagens deste tipo de negócio.

1. Economia

Com o Outsourcing Internacional, contratar empresas em países cujo custo de produção/mão de obra seja menor do que o local de destino fará com que se tenha economia com a criação total do produto/serviço.

Se uma organização externa oferece os mesmos resultados ou até superiores por um custo inferior, então é muito vantajoso optar por essa mudança.

2. Tecnologias

A diferença de poder econômico entre os países pode representar barreiras a novas tecnologias e profissionais especializados.

Na TI, por exemplo, o Outsourcing Internacional pode representar a transferência de provedores e servidores, sistemas e profissionais. Por esse motivo, as empresas contratantes têm acesso a uma completa infraestrutura para as suas necessidades.

3. Produtividade

Com o Outsourcing Internacional, a empresa ganha mais produtividade, pois pode contratar empresas que consigam produzir mais do que a capacidade atual da contratante, tanto em produto, quanto em serviço.

Produzindo mais, o faturamento sobe e a empresa tem maior capacidade financeira para melhorar sua estrutura, negócio etc.

4. Foco da Empresa

O foco dos gestores fica direcionado para os setores e partes mais importantes do negócio e que demandam maior know-how da parte deles.

Com isso, ganha-se nos objetivos primários e secundários, pois com o foco do Outsourcing em algumas atividades de cunho principal, a empresa pode focar em outras áreas para o crescimento uniforme.

Leia também: Como funciona a Logística Reversa, o que é e qual sua importância?

Outsourcing de Logística: por que terceirizar?

O Outsourcing na cadeia logística e de supply chain é primordial para as empresas que precisam suprir essa demanda e que muitas vezes não possuem estrutura para cumprir com suas obrigações ou, pior, torna-se muito caro mantê-las.

Contratar empresas que possuem conhecimento e especialização no seu ramo de negócio, fora do país, é uma excelente saída para aquelas empresas que querem crescer e se desenvolver, da melhor forma possível, com a melhor economia.

Se é necessário um sistema de controle de estoque, entrega, de entradas e saídas mais específicos, o Outsourcing Internacional trará vantagens em tecnologias e a custos mais baixos.

Além desse tipo de controle, é possível também se certificar que não haverá perdas e extravios, além de poder contratar o processo de deslocamento ou armazenamento.

Leia também: Redução de custos e Cálculo ROI na Gestão de Comércio Exterior

Conclusão

E você amigo(a)?

Já precisou recorrer a um Outsourcing Internacional? Trabalha em uma empresa especializada? Como foi a sua experiência? Vamos continuar esse bate-papo nos comentários!

O melhor software de gestão para importadores do Brasil!
O melhor software de gestão para importadores do Brasil!
Comece agora a transformação digital na sua empresa com um software especializado em comerciais importadoras e trading companies.
O melhor software de gestão para importadores do Brasil!
O melhor software de gestão para importadores do Brasil!
Comece agora a transformação digital na sua empresa com um software especializado em comerciais importadoras e trading companies.

Outsourcing Internacional: como funciona? Confira 4 benefícios

Cada vez mais presente no Comércio Exterior brasileiro, o Outsourcing Internacional ganha espaço na condução de prospecção de negócios, bem como na concretização deles.

Nesse texto vamos falar do Outsourcing Internacional, seus benefícios e seus objetivos, além de explicar o que faz uma empresa especializada nesse ramo.

Let’s go!descripsnip

O que é Outsourcing Internacional?

Comumente confundido com a terceirização (vamos explicar a diferença entre eles no tópico seguinte), o Outsourcing Internacional consiste na prestação de serviços ligados à natureza do negócio, ou seja, do ramo que a empresa atua.

O foco aqui é justamente nos objetivos da empresa, de forma que seu negócio alavanque através de outras empresas especializadas nessa prestação de serviço.

O termo foi criado em 1930 pelo economista britânico Ronald Coase, em um trabalho sobre organização empresarial.

Leia também: Logística Internacional: O que é, importância e como funciona?

Qual a diferença entre terceirização e Outsourcing?

Uma vez definido o que é o Outsourcing, fica fácil identificar a diferença entre ele e a terceirização.

Enquanto o Outsourcing cuida do tal Core Business (o famoso “negócio da empresa”, a atividade fim), a terceirização fica com as partes secundárias, de atividade meio, tais como limpeza, segurança, transportes etc.

Leia também: Trading Company: o que é e quais são as principais vantagens?

Qual o objetivo do Outsourcing Internacional?

Assim como cuidar do Core Business, o Outsourcing Internacional tem o objetivo de melhorar a estratégia da empresa, por meio dos serviços que presta.

Serve também para aumentar a qualidade e competitividade, como acontece nos casos de supply chain, serviços de TI e operações de compra e venda, por exemplo.

No que diz respeito às empresas de Comércio Exterior, significa dizer que uma empresa de Outsourcing será a responsável, por exemplo, por toda a operação de determinado produto/serviço até o seu destino.

Leia também: O que é Armador no Comércio Exterior? Confira os tipos

O que é uma empresa de Outsourcing?

Essas empresas oferecem know-how para o seu negócio, dando-lhe a oportunidade de economizar em matéria de produtos, serviço, pessoal, acesso a tecnologias de difícil ou oneroso acesso (até então), bem como a manter-se produtivo.

E para fazer um Outsourcing com resultados favoráveis, nada melhor do que encontrar empresas especializadas nesse tipo de atividade.

Sim, elas existem e estão aí para ajudar as empresas que buscam esse tipo de melhoria para o seu negócio.

O que é Outsourcing e Offshoring?

Dentro do Outsourcing existem três termos que são utilizados para definir o grau de relação entre contratante e contratada: Onshore, Nearshore e Offshore, vamos a eles:

Onshore

São contratações de serviços de empresas que estão no mesmo país.

Nearshore

Os serviços contratados neste formato estão localizados em empresas de países próximos, com o mesmo fuso horário (ou com uma hora de diferença), com idioma e culturas semelhantes.

Offshore

Esta modalidade está ligada à contratação de serviços provenientes de nações distantes e pode ser mais vantajoso economicamente, quando contratado de países em desenvolvimento.

Assim, podemos dizer que o Outsourcing Internacional concentra-se nas modalidades Nearshore e Offshore.

Leia também:  Importação e Exportação: diferenças e como é o processo?

4 benefícios do Outsourcing

Falamos a respeito do que é e quais seus objetivos, agora vamos aos benefícios do Outsourcing Internacional.

É importante que o gestor esteja atento e bem informado na hora de encontrar e contratar uma empresa de Outsourcing Internacional, que ofereça conhecimento e equipe profissional diferenciada.

Vamos listar apenas as quatro principais, dentre as inúmeras vantagens deste tipo de negócio.

1. Economia

Com o Outsourcing Internacional, contratar empresas em países cujo custo de produção/mão de obra seja menor do que o local de destino fará com que se tenha economia com a criação total do produto/serviço.

Se uma organização externa oferece os mesmos resultados ou até superiores por um custo inferior, então é muito vantajoso optar por essa mudança.

2. Tecnologias

A diferença de poder econômico entre os países pode representar barreiras a novas tecnologias e profissionais especializados.

Na TI, por exemplo, o Outsourcing Internacional pode representar a transferência de provedores e servidores, sistemas e profissionais. Por esse motivo, as empresas contratantes têm acesso a uma completa infraestrutura para as suas necessidades.

3. Produtividade

Com o Outsourcing Internacional, a empresa ganha mais produtividade, pois pode contratar empresas que consigam produzir mais do que a capacidade atual da contratante, tanto em produto, quanto em serviço.

Produzindo mais, o faturamento sobe e a empresa tem maior capacidade financeira para melhorar sua estrutura, negócio etc.

4. Foco da Empresa

O foco dos gestores fica direcionado para os setores e partes mais importantes do negócio e que demandam maior know-how da parte deles.

Com isso, ganha-se nos objetivos primários e secundários, pois com o foco do Outsourcing em algumas atividades de cunho principal, a empresa pode focar em outras áreas para o crescimento uniforme.

Leia também: Como funciona a Logística Reversa, o que é e qual sua importância?

Outsourcing de Logística: por que terceirizar?

O Outsourcing na cadeia logística e de supply chain é primordial para as empresas que precisam suprir essa demanda e que muitas vezes não possuem estrutura para cumprir com suas obrigações ou, pior, torna-se muito caro mantê-las.

Contratar empresas que possuem conhecimento e especialização no seu ramo de negócio, fora do país, é uma excelente saída para aquelas empresas que querem crescer e se desenvolver, da melhor forma possível, com a melhor economia.

Se é necessário um sistema de controle de estoque, entrega, de entradas e saídas mais específicos, o Outsourcing Internacional trará vantagens em tecnologias e a custos mais baixos.

Além desse tipo de controle, é possível também se certificar que não haverá perdas e extravios, além de poder contratar o processo de deslocamento ou armazenamento.

Leia também: Redução de custos e Cálculo ROI na Gestão de Comércio Exterior

Conclusão

E você amigo(a)?

Já precisou recorrer a um Outsourcing Internacional? Trabalha em uma empresa especializada? Como foi a sua experiência? Vamos continuar esse bate-papo nos comentários!

Compartilhar

Compartilhar

Compartilhar

Menu
Enviar
WhatsApp
Seja bem-vindo a Gett!