Modais de Transporte: o que são? Os 5 tipos e sua importância

Uma questão básica que permeia qualquer empresa que trabalhe com produtos é a escolha correta dentre os modais de transporte disponíveis, tanto na logística internacional, quanto na doméstica.

Pois o transporte, especialmente no Brasil, é uma atividade onerosa e decisiva para tornar uma operação viável, ou até possível…

Diante disso, apresentaremos os 5 principais, os veículos mais utilizados, bem como suas vantagens e desvantagens, para iniciar seu aprendizado no assunto.

O que são Modais de Transporte de carga?

Modais de Transporte são os modos de se realizar a locomoção de uma carga, ou seja, os tipos de transporte.

Porém, todos os tipos apresentam vantagens e desvantagens, alguns inclusive sequer podem ser utilizados, seja por indisponibilidade ou incompatibilidade da mercadoria.

Por exemplo, já imaginou transportar Smartphone via Dutoviário? No entanto, dentro das situações possíveis, é necessário avaliar aspectos como:

  • velocidade desejada para a entrega da mercadoria;
  • frequência desejada dessa entrega;
  • confiabilidade;
  • capacidade de atendimento;
  • disponibilidade do serviço; e
  • custo envolvido.

Veja também: Frete Internacional: O que é e como funciona?

5 tipos de Modais de Transporte de cargas

Abordaremos os seguintes Modais de Transporte: ferroviário, rodoviário, hidroviário, dutoviário e aeroviário.

Com o intuito de facilitar a análise e pesquisa para concluir qual o melhor Modal de Transporte para a sua operação, separamos claramente a explicação e suas vantagens e desvantagens.

‘Bora conhecê-los?

Veja também: 4 tipos de containers marítimos mais utilizados na importação

Modal de Transporte Ferroviário

O Modal Ferroviário é aquele realizado por veículos que percorrem linhas de ferro, como, por exemplo, os conhecidíssimos trens.

Eles são indicados principalmente para transportar cargas pesadas, normalmente as mercadorias transportadas neste modal, no Brasil, são de baixo valor agregado e em grandes quantidades, tais como minério, produtos agrícolas, fertilizantes, carvão, derivados de petróleo etc.

Ele é um dos modais com o melhor custo benefício dentro do sistema de transporte, no entanto, é o que demanda mais alto investimento em estrutura, maior, inclusive, que o rodoviário.

Principais tipos de vagões utilizados no Transporte Ferroviário:

  • TIPO GÔNDOLA – Vagão Gôndola (GDT);
  • AMAX Long – Usados principalmente para transporte de containers de 20′ e 40′;
  • Vagão Hopper Fechado (HFT) – Estrutura em aço de baixa liga, com grande capacidade e volume.

Vantagens do Transporte Ferroviário:

  • adequado para longas distâncias e grandes quantidades de carga;
  • baixo custo do transporte e manutenção;
  • maior segurança, visto que ocorrem poucos acidentes, e são pouco visados para furtos e roubos no Brasil.

Desvantagens do Transporte Ferroviário:

  • transporte lento devido às suas operações de carga e descarga serem realizadas somente em terminais apropriados;
  • baixa flexibilidade, os trens operam de acordo com horários e destinos determinados.
  • baixa integração entre os estados, considerando, sobretudo, o tamanho do Brasil.
  • Depende, em geral, de outro Modal de Transporte para finalizar a entrega.

Modal de Transporte Rodoviário

O Modal Rodoviário é o principal meio de transporte realizado no Brasil, sendo realizado sobre rodas, em vias pavimentadas ou não.

De fato, em certas regiões do Brasil, um chão firme pode ser artigo de luxo.

modais de transporte 03

Fonte: Notibras

Dentre os Modais de Transporte, ele se destaca sobretudo na: flexibilidade de rotas, preços competitivos e razoáveis (neste último caso, especialmente, para a turma da urgência), e atende praticamente todos os tipos de cargas.

Principais tipos de veículos no Transporte Rodoviário:

  • Caminhão Fixo – apresenta carroceria aberta (em forma de gaiola, plataforma, tanque) ou fechada (baús);
  • Carreta – são veículos articulados, compostos de cavalo mecânico e semirreboque em diversos modelos;
  • Bitrem – veículos semelhantes às carretas, formados por cavalos mecânicos, semirreboques e reboques;
  • Cegonheiras – são modelos articulados, usados especialmente para o transporte de veículos automotores.

Vantagens do Transporte Rodoviário:

  • menor manuseio da carga e menor exigência de embalagem;
  • rapidez no carregamento e descarregamento;
  • permite a logística de porta a porta;
  • simplicidade no atendimento das demandas e agilidade no processo de contratação;
  • atua de forma complementar aos outros modais, possibilitando a intermodalidade ou multimodalidade.

Desvantagens do Transporte Rodoviário:

modais de transporte 02

  • maior incidência sinistros, tais como roubo de carga, acidentes, extravios;
  • valor de frete e seguro mais altos, especialmente para longas distâncias;
  • menor capacidade de carga (por unidade transportada), comparado aos outros modais.

Modal de Transporte Hidroviário

O Transporte Hidroviário consiste em utilizar mares, lagos, rios ou canais.

Este talvez seja o mais complexo dos modais, pois se divide em marítimo e navegação de interior, sendo que o marítimo podemos classificar como cabotagem e longo curso, e a navegação de interior classificamos em fluvial e lacustre.

modais de transporte 04

Em resumo, o Modal Hidroviário também pode transportar um grande volume de carga e por longas distâncias, desde que a carga esteja bem armazenada e não haja urgência na entrega.

Principais tipos de navios no Transporte Hidroviário:

  • PORTA-CONTEINER – utilizado exclusivamente para (adivinha?!) o transporte de contêineres.
  • CARGUEIROS – são os navios construídos para o transporte de carga geral, utilizado, a princípio, para o que não pode ser transportado em contêiner.
  • RO-RO (ROLL-ON / ROLL-OFF) – são navios especiais para o transporte de veículos que conseguem se “automover” do porto para a embarcação, através das rampas localizadas na proa, popa ou lateral.
  • GRANELEIROS – são navios destinados somente para o transporte de granéis sólidos, como minérios e grãos

Vantagens do Transporte Hidroviário:

  • maior capacidade e facilidade de transportar grandes cargas;
  • menor custo de frete; e
  • baixo risco de roubo e avarias nas mercadorias.

Desvantagens do Transporte Hidroviário:

  • velocidade, é preciso aguardar a programação de navios e, claro, embarcações não são lanchas!
  • maior burocracia de documentos;
  • limitada disponibilidade de portos no Brasil, em contraste com nossa extensão territorial…

Modal de Transporte Dutoviário

O Modal Dutoviário é aquele que utiliza a força da gravidade ou de pressão mecânica com o fim de deslocar a mercadoria por dutos, o que favorece a movimentação de gases, líquidos e sólidos.

modais de transporte 05

Principais tipos de Dutos no Brasil:

  • Gasodutos – destinam-se ao transporte de gases, como, por exemplo, o gasoduto Brasil-Bolívia, com quase 2000 km de extensão, para o transporte internacional de gás natural;
  • Minerodutos – Transportam minérios entre as regiões produtoras e as siderúrgicas e/ou portos;
  • Oleodutos – transporte de petróleos brutos e derivados aos terminais portuários ou centros de distribuição; e
  • Alcooldutos – transporte de álcool aos terminais portuários ou centros de distribuição.

Vantagens do Transporte Dutoviário:

  • a tecnologia utilizada para o transporte consome pouca energia e apresenta um baixo custo por unidade de distância adicional;
  • o processo de carga e descarga é simplificado, e a necessidade de armazenamento de carga é reduzida;
  • a quantidade de mão de obra necessária para a operação do modal é inferior à dos demais, assim como a periodicidade de gastos com manutenção;
  • favorece, em suma, o transporte em grandes volumes, com alta consistência e confiabilidade;
  • por ter um elemento de transporte fixo (o que se desloca é apenas a carga), o risco de acidentes, perdas e de roubos é reduzido.

Desvantagens do Transporte Dutoviário:

  • o investimento de construção da malha dutoviárias é alto, já que os direitos de acesso, construção, autorização para controle de estações e capacidade de bombeamento são limitados à poucas empresas;
  • trajeto fixo, similarmente ao ferroviário, não é possível desviar a rota.

Modal de Transporte Aeroviário

Em princípio, o Modal Aéreo é realizado com aeronaves, mas, considerando a popularização dos drones, imagino que não se limitará àquelas.

O transporte aéreo utiliza-se de estruturas aeroportuárias para o manuseio de mercadoria, sendo que elas devem ter a capacidade de receber o tipo de aeronave, como, por exemplo, tamanho da pista adequado.

modais de transporte 06

A principal característica do Modal Aéreo é a velocidade, embora nem sempre seja viável.

Principais tipos de aeronaves no Transporte Aeroviário:

  • COMBI – aeronaves mistas que carregam carga e passageiros, as cargas são transportadas no deck inferior e no fundo do deck superior.
  • ALL CARGO/ FULL CARGO – aeronaves para o transporte exclusivo de cargas.
  • Full Pax – aeronaves cujo deck inferior é utilizado para transportar mercadorias, ficando todo o deck superior destinado apenas à passageiros.

Vantagens do Transporte Aeroviário:

  • a rapidez e eficiência podem ser medidas em horas, mesmo que seja no transporte internacional;
  • o rápido deslocamento favorece estoques menores e entregas emergenciais;
  • os aeroportos estão normalmente localizados mais próximos dos centros de distribuição;
  • por ser o meio de transporte mais seguro, o custo do seguro é baixo.

Desvantagens do Transporte Aeroviário:

  • o custo do frete é altíssimo;
  • exige aprofundado estudo de viabilidade, assim como é limitado conforme a quantidade, tamanho e peso da carga;
  • difícil, aliás, muitas vezes impossível, de transportar carga perigosa;
  • mais sensível a sofrer atrasos por causa de mau tempo.

Importância do planejamento logístico na escolha dos Modais de Transporte de cargas

Após conhecermos todas as características, vantagens e desvantagens, vimos como é fundamental o estudo para escolher o melhor Modal de Transporte para a sua carga.

Dessa maneira, não é possível planejar na base da urgência, pois dependerá de diversos envolvidos para levantar valores e opções.

Com base nesse planejamento, será possível organizar melhor os processos de entrega e garantir que cada mercadoria chegue a seu destinatário com segurança e em perfeito estado, no menor custo e menor tempo possível.

Veja também: Logística Internacional: O que é, importância e como funciona?

Conclusão: E você, amiga(o)?

Quais Modais de Transporte mais utiliza nas suas operações? Que outras vantagens e desvantagens valem ser mencionadas? Por certo que tenha muita experiência no assunto, fique à vontade para compartilhar suas experiências com quem ainda está aprendendo.

Para obter assistência especializada e identificar a melhor solução para a sua empresa, entre em contato com a GETT. Não perca tempo:

demonstração grátis sistema comércio exterior

Artigo escrito por Jonas Vieira
Consultor, Escritor e Produtor de Conteúdo de Comércio Exterior
LinkedInInstagramPodcastjonas-vieira.com

Menu