Brasil busca acordo com Reino Unido

O ministro das Relações exteriores, Ernesto Araújo, recebeu, nesta quarta-feira (06/06), um grupo de empresários e uma comitiva do Reino Unido para tratar de acordos bilaterais e opções de investimento.

Na reunião foi decidido que o Instituto Brasil 200, que trouxe a comitiva de Londres, vai coordenar um grupo de estudo com acadêmicos e empresários para elaborar o melhor acordo de livre comércio entre os dois países.

Próximo encontro

O próximo encontro deve acontecer em Londres, a princípio em agosto, e, segundo o presidente do Instituto Brasil 200, Gabriel Kanner, a ideia é que assim que concluída a saída do Reino Unido da União Europeia já haja a possibilidade de um amplo acordo entre os dois países.

“Houve entendimento de ambas as partes de que estamos em um momento único, que talvez não aconteça de novo, de ter no Brasil um governo pró-mercado, que veja com bons olhos o livre-comércio”, afirmou. “As duas partes acreditam que possamos ter acordos ambiciosos.”

Exemplo

Como exemplo do que está na mesa de negociação, Kanner cita um possível intercâmbio entre agentes do mercado financeiro dos dois países. “A ideia de que os profissionais possam trabalhar fora sem nenhuma restrição trará muitos ganhos”, avalia.

Metas

Entre as metas já discutidas pelo grupo, está também uma questão envolvendo regularização de produtos. O objetivo é que qualquer item liberado e regulamentado no Brasil também possa ser legalizado no Reino Unido e vice-versa. (Valor Econômico)

Menu